• Ana Paula Ostapenko

Casa Satine apresenta Mostra Apollo Black Online no sábado


Nesse sábado, 20, das 16h às 20h no canal do Youtube da Casa Satine acontecerá a Mostra Cultural Apollo Black de Arte e Cultura LGBTQIA+ - On Line. O projeto foi aprovado no Edital Morena Cultura e Cidadania, com recursos da Lei Aldir Blanc, apoio da Secretaria de Cultura e Turismo e Prefeitura de Campo Grande. Foram selecionados 30 artistas LGBTQIA+ de Campo Grande, nas categorias performance Drag Queen,dança, teatro, música e circo, as apresentações serão solo ou em grupo.


A Mostra Apollo Black abre o calendário de eventos da entidade, ainda virtualmente, segundo a Gestora do Espaço Cultural da Casa Satine, Karla Melo “Sabemos que o momento inspira cuidados e tomamos todas as precauções para que essa Mostra seja um marco na cultura LGBTQIA+ da nossa cidade, será uma ótima opção de entretenimento para quem estará em casa, se cuidando”.


Como parte do evento, durante toda a semana foram realizadas oficinas de arte e cultura LGBTQIA+ com uma programação que trouxe roda de conversa: LGBTQIArte - a história da Arte e da Cultura Queer com Anderson Bosh, oficina de Vogue e danças Queer com Roger Pacheco, oficina de Maquiagem com Rana Foratto, contemporânea e Pensamento Criativo com Patrícia Souza - Compacta Baudelaire Vênus e oficina de Interpretação Cênica e Dramaturgia com Karol Lannes.


Apollo Black, Drag que inspira a Mostra


Inspirada na androginia e nas muitas drag queens da época, em 2008 Apollo Black surgiu como um sopro de liberdade e expressão artística de Eder Henrique Coenga. Apollo esteve presente na cena até que decidiu parar.


Foi a chama drag atual que fez Eder decidir voltar em 2017.

Seu talento a levou à vitória do Concurso Drag Star 2018, colocando-a no panteão de queens legendárias que venceram o concurso até lá. Já dividiu palco com vários artistas da cena drag nacional, sendo uma delas Ikaro Kadoshi. Também performou sua arte pelo estado, fez performances conjuntas com várias outras artistas drag e fixou seu nome na história da cidade.


A Drag sempre dizia que o artista deve se elevar além do seu limite e explorar todas as vertentes de sua persona, ele acreditava na arte de cada uma e se sentia feliz por fazer parte.

Apollo Black foi assassinado na noite de 20 de dezembro de 2019 e até hoje o crime não foi elucidado. O nome da Mostra vem para homenagear esse grande artista e garantir que seu legado fique marcado na história.


Biossegurança - A Mostra respeitará todos os protocolos de biossegurança, como aferição de temperatura e álcool gel na entrada, exigência de uso de máscara por todos, apenas os artistas de acordo com cronograma de apresentação e equipe técnica estarão no local da transmissão.


Serviço

Mostra Cultural Apollo Black de Arte e Cultura LGBTQIA+ - On Line

Quando: 20 de março

Horário: 16h

Local: Cana Casa Satine: https://www.youtube.com/watch?v=xjtb40c1alI


6 visualizações0 comentário