• Ana Paula Ostapenko

Começa amanhã, 26, festival virtual com programação infantil


Começa amanhã, 26, e vai até domingo a “Mostra Curumim – Pra Ver e Brincar”, um festival infantil realizado de maneira totalmente virtual, com transmissão pelas redes sociais. Por conta da pandemia da Covid-19, muitas crianças estão sem aulas presenciais e sem acesso a programações infantis, e foi pensando nisso que a arte-educadora e produtora cultural Julia Basso idealizou o evento. “Tentei pensar em uma programação que fosse para diferentes faixas etárias, tanto para crianças de 0 a 12 anos quanto para o público adulto também. Os responsáveis podem e serão incentivados a acompanhar junto as programações, porque quando o conteúdo tem qualidade tanto as crianças quanto os adultos gostam”, afirma Julia.

Amanhã, dia 26, às 16h30 será exibido o espetáculo “A Raposa e a Pequena Princesa”, e às 17h o grupo Batucando Histórias apresenta “Chapeuzinho Amarelo”. No sábado, dia 27, às 16h30 será transmitido o espetáculo de bonecos “Vó Guilé já dizia, Zé Jacaré contava, se correr o bicho pega, se ficar o bicho come”, da Cia Oficina de Bonecos Tareco-Treco, e às 17h será apresentada a história regional “Prosa e Segredo”. No domingo, último dia da Mostra Curumim, às 16h30 será transmitido “Como nasceram as estrelas”, espetáculo baseado em uma lenda da tribo Bororo, e às 17h apresentada uma adaptação da história de Dom Quixote. Em todos os dias haverá exibição do curta-metragem “Passagens Poéticas”, sempre às 16h.

Além dos espetáculos, a programação da Mostra Curumim, financiada com recursos da Lei Aldir Blanc, por intermédio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Sectur) e da Prefeitura Municipal de Campo Grande, inclui oficinas de confecção de brinquedos artesanais, de desenhos e de contação de histórias. As oficinas serão realizadas de sexta a domingo, sempre na parte da manhã, com vagas limitadas.

A intenção da Mostra Curumim, além de levar entretenimento para as crianças, é também incentivar as produções locais, pois tudo que integra a programação foi produzido em Mato Grosso do Sul. “Temos a intenção de incentivar as produções locais que sejam realizadas para o público infantil, é um campo muito fértil a ser explorado pelos artistas da cidade, do Estado, e ter eventos voltados para crianças pode facilitar essa produção. Espero que seja a primeira de várias edições, e que as próximas quem sabe já sejam presenciais”, completa a idealizadora.

Serviço: As oficinas precisam de inscrições prévias pelo site, pois as vagas são limitadas. Os espetáculos serão abertos ao público e poderão ser acessados pelo YouTube no link: https://www.youtube.com/c/fuaproducoes/. Inscrições e mais informações pelo site: https://www.mostracurumim.com.br/


2 visualizações0 comentário