• Ana Paula Ostapenko

Do clássico ao suspense: confira dicas para comemorar o Dia do Livro


Ler um livro é viajar sem sair de casa, é conhecer lugares, pessoas, participar de acontecimentos e grandes histórias por meio das páginas e da imaginação. Com a pandemia, esse hábito foi reforçado e o setor aproveita o reflexo do aumento do consumo por conhecimento. Dados do Sindicato Nacional dos Editores de Livros (Snel) apontam que no primeiro trimestre deste ano, em comparação ao ano passado, houve expansão de 25% nas vendas, com cerca de 12 milhões de livros, contra 9,6 milhões no acumulado de janeiro a março de 2020.

Mesmo com o crescimento da tecnologia, redes sociais e diversas formas de entretenimento, há quem prefira passar bons momentos de lazer acompanhado por um bom título. No dia 29, dia onde é celebrado no Brasil o Dia Nacional do Livro, para quem busca novidades, a Leitura do Shopping Campo Grande, tem opções para todos os gostos, a partir de R$ 15, com alguns títulos promocionais e valores diferenciados.

Entre os lançamentos está “Corte de Espinhos e Rosas”, de Sarah J. Maas. Sucesso entre o público jovem, a obra traz a saga de Feyre, acostumada a cuidar de sua família desde que a mãe morreu. Trabalhando incansavelmente para colocar comida na mesa, lida com a ingratidão. Ao matar um lobo na floresta, ela enfurece uma das fadas letais e é arrastada para um mundo perigoso e mágico, onde começa a viver uma vida repleta de engano e beleza. Disponível na Leitura, o livro está R$ 54,90. As amigas Fernanda Prado e Thiara Gomes, estão entre as fãs da obra e foram juntas adquirir seus exemplares. “Acompanhamos tudo dessa autora e estávamos esperando pelo livro. É uma história maravilhosa”, relata Fernanda.

Outro lançamento é “As Musas”, de Alex Michaelides. O thriller traz a trajetória do carismático Edward Fosca, professor de tragédia grega na Universidade de Cambridge. Adorado tanto pelos funcionários quanto pelos alunos da instituição, principalmente pelas integrantes de uma sociedade secreta de alunas conhecida como “As Musas”, ele se torna alvo de Mariana Andros que é uma brilhante terapeuta de grupo assombrada por tragédias pessoais. Ela fica obcecada pelas Musas quando uma de suas integrantes, Zoe, é encontrada morta a facadas. A obra está disponível por R$ 49,90.

Para quem não abre mão de um clássico da literatura brasileira e em especial os estudantes, há obras entre R$ 15 e R$ 20, como “Dom Casmurro” e “A Mão e a Luva” de Machado de Assis e “Triste Fim de Policarpo Quaresma”, de Lima Barreto. Primeiro Livro impresso no Brasil, em 1810, o clássico Marília de Dirceu, de Tomás Antônio Gonzaga, é uma das opções por R$ 20.

Outro clássico, mas da literatura infantil é “O Pequeno Príncipe”, de Antoine Saint-Exupéry, disponível em duas versões de capas, por R$ 12 ou R$ 15, é uma ótima opção de presente para os pequenos, que vão se encantar com a história do menino que fascina com sua maturidade, ensinando sobre amor, amizade, sonhos e valores. E quem busca uma palavra de conforto “Encontro Diário com Deus” – Orações e Mensagens, da Editora Vozes é a leitura leve e acalentadora, disponível por R$ 11,50.

Dia Nacional do Livro – 29 de Outubro foi escolhido para esta celebração por ser a data de fundação da Biblioteca Nacional do Brasil, localizada no Rio de Janeiro, em 1810, pelo Príncipe Regente, Dom João. O Espaço só foi aberto ao público quatro anos depois de sua criação. De acordo com a Unesco, é uma das dez maiores bibliotecas nacionais do mundo e também a maior da América Latina, contando com cerca de nove milhões de itens.

0 visualização0 comentário