• Ana Paula Ostapenko

E-books gratuitos ensinam como elaborar e administrar projetos culturais


Visando democratizar o acesso aos editais culturais de MS, o projeto “Da Ideia ao Projeto Cultural” realizou, nos meses de fevereiro e março, duas oficinas on-line que ensinaram a prática de elaboração e a introdução à gestão de um projeto. As vagas, dirigidas tanto para quem não tinha nenhuma experiência como para quem queria aprimorar conhecimentos, eram limitadas, mas agora todo o conteúdo ministrado está disponível em dois e-books, que podem ser acessados gratuitamente. “Os objetivos principais dessas capacitações foram: informar sobre as políticas públicas de cultura, sobre as legislações e os editais; ensinar como elaborar projetos competitivos dentro dos critérios de aprovação, para facilitar o acesso às verbas destinadas à cultura e para que todos tenham oportunidades iguais; e informar também sobre os critérios de gestão dos projetos, financiados com verbas públicas” explica a idealizadora Iara Vieira.

Todos os anos são lançados editais de incentivo à cultura, mas muitos artistas, mesmo com trabalhos consistentes e ótimas ideias, acabam não se inscrevendo ou não sendo aprovados por desconhecerem as técnicas de elaboração. Isso foi o que motivou Iara a realizar o projeto e a disponibilizar o conteúdo das oficinas em dois e-books, um focado nas práticas de elaboração e outro na gestão dos projetos. “Não adianta só elaborar o projeto e não saber administrar, por isso o conteúdo dos dois livros se entrelaça”, completa Iara.

Financiado com recursos da Lei Aldir Blanc, por intermédio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Sectur) e da Prefeitura Municipal de Campo Grande, o projeto “Da Ideia ao Projeto Cultural” baseia sua metodologia na frase de Aristóteles: “É fazendo que se aprende a fazer aquilo que se deve aprender a fazer”. Foram 15 participantes das oficinas, todos foram acompanhados individualmente em tutorias e tiveram auxílio para desenvolver e adequar um projeto na prática. “A condução das aulas foi extremamente interessante, a Iara sempre disposta a nos mostrar os caminhos para a realização de nossas ideias e projetos. O Brasil só tem a ganhar com o surgimento de novos agentes culturais”, conta o fotógrafo Aurélio Vinícius, um dos participantes.

“Quando os editais eram publicados, eu não tinha experiência, tinha muitas dúvidas para escrever um projeto cultural. Agora ficou mais fácil encarar uma inscrição e ter a chance de ter um projeto meu aprovado”, completa a arquiteta Haissa Bambil. "Venho desenvolvendo trabalhos na área cultural há 15 anos, mas agora me sinto muito mais capacitado e confiante para escrever projetos e lidar com editais", comenta o dançarino Gui Dantas. A instrutora das oficinas e responsável pelos e-books, Iara Vieira, é formada em gestão cultural pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e tem mais de 20 anos de experiência na área.

Serviço: Os e-books de práticas de elaboração e introdução à gestão de projetos culturais estão disponíveis gratuitamente para download pelos links: http://www.lifeeditora.com.br/loja/produto/oficina-pratica-de-elaboracao-de-projeto-ebook-gratuito/ e http://www.lifeeditora.com.br/loja/produto/oficina-pratica-de-gestao-cultural-ebook-gratuito/. Mais informações pelas redes sociais do projeto, Facebook: https://www.facebook.com/Projeto-Da-Ideia-ao-Projeto-Cultural-100508918654779 e Instagram: @iaravieira.cultural.

2 visualizações0 comentário