• Ana Paula Ostapenko

Espaço “Laricas Cultural” luta pra seguir de portas abertas com vaquinha online


Para seguir realizando o sonho de promover a cultura local, Luanna Peralta e Adauto Junior optaram por abrir mão de seus empregos fixos para ampliação e mudança física do espaço Laricas Cultural. A pandemia chegou um mês depois da reabertura no prédio da rua Antônio Maria Coelho, e obrigou o casal a suspender as atividades por seis meses.

Finalmente, em setembro de 2020, o Laricas reabriu, seguindo todas as normas de biossegurança, encerrando as atividades antes mesmo do horário previsto pelo toque de recolher vigente, às 22 horas. E mesmo assim, com dificuldades de se manter de portas abertas, precisarão passar por obras no local para atender à todas as exigências vindas por parte da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana) e dos vizinhos.

Para a obra, o casal de proprietários precisará de aproximadamente R$ 8 mil reais, que estão sendo custeados por meio de uma vaquinha online no link https://www.vakinha.com.br/vaquinha/salva-o-laricas .

“Nossos clientes são parte de nossa família. Com a ajuda deles já conseguimos pouco mais de mil reais e seguimos na luta para conseguirmos custear essa reforma”, diz Luanna.

A reforma também permitirá que o local promova com mais conforto os eventos que ocorriam no primeiro ponto do Laricas Cultural, na Orla Ferroviária, ao lado do Sesc Morada dos Baís.

“O Laricas não é um bar apenas, é um espaço cultural que abre portas para quem está começando, seja dando espaço para mulheres empreendedores se tornarem colaboradoras nas lojas que fazem parte do Laricas, seja apoiando novos artistas, novos projetos e grupos musicais. Fazemos questão de frisar que essa é e continuará sendo a nossa intenção com o espaço”.

É possível doar qualquer valor para a vaquinha online. Todos que doarem estarão participando dos sorteios e novidades que estão sendo divulgas nas redes sociais do local. Qualquer pessoa que doar a partir de R$ 50 reais pode retirar uma caneca personalizada no Laricas Cultural.

Serviço – Acompanhe a evolução da vaquinha pelas redes sociais do espaço, www.instagram.com/laricascultural .

5 visualizações0 comentário