• Ana Paula Ostapenko

Fernanda Ebling e André Pantera cantam a simplicidade do amor em “Bolo de Maracujá”

“O amor é simples, somos nós que complicamos” quantas vezes você já ouviu isso na vida? e é dessa simplicidade que a música cantada pelos artistas douradenses Fernanda Ebling e André Pantera fala, a melodia suave já começa com um convite, “vamos tomar um café, falar de você” num mundo de vida rápida, cheia de compromissos, parar pra um café e conversar chega a ser um luxo.


A música é composta por Fernanda Ebling, Rosiane Carvalho (SP) e Hiawan Oliveira (BA) dentro de um curso para compositores profissionais, e ela foi composta como demanda para uma artista, os compositores se conectaram virtualmente e começaram a construir a letra.


A música vem cheia de nuances, “a música tem muito a questão do cheiro, então lá fomos nós pro bolo de maracujá, porque nada mais cheiroso numa cozinha que um bolo desses e a música tem dois nomes: bolo de maracujá e seu cheiro é tão bom, que é o nome alternativo, que também aparece nas buscas nas plataformas de streaming”.


Bolo de Maracujá fala sobre um casal que não se vê há muito tempo e o chamar pra um café é o gancho para ligar esse casal, seja da forma que for possível, presencialmente ou online, lembramos que a música foi feita em tempos pandêmicos e ela já vem com esse fator mais moderno de comunicação e de amar.


Mas o feedback dado pelo público ao ouvir a música foi bem diferente do que os compositores achavam que seria, “veio muita gente falar que lembraram das suas avós, avôs, alguns lembraram de tias, de amigos que se foram, amigos que não se veem há muito tempo por conta da Pandemia de Covid-19, então o fato do sentar e tomar um café foi além do relacionar-se amorosamente com o outro como casal”.




Ouça “Bolo de Maracujá” nas plataformas digitais e siga Fernanda no Instagram (https://www.instagram.com/fernandaeblingoficial/), lá você ainda vai aprender a fazer a receita de um Bolo de Maracujá delicioso feito pelo filho da cantora, Enzo.


84 visualizações0 comentário