• Ana Paula Ostapenko

Há 3 anos professora se mobiliza para transformar crianças em autoras de livros


“Escrever um livro é algo muito importante na vida de uma pessoa. Por isso, coloquei uma meta em minha vida: enquanto eu for professora, darei essa oportunidade maravilhosa aos meus alunos”, compartilha a pedagoga Evila Cristiane Martin. Com 10 anos de experiência nas salas de aula, Evila sonha em transformar vidas com a educação, e foi a partir desse sonho que ela decidiu há três anos auxiliar seus alunos a desenvolverem um livro produzido por eles mesmos.


Neste ano, a obra que está sendo desenvolvida por 25 alunos do 3º ano do Ensino Fundamental, com idade entre 8 e 10 anos e com a orientação dela, recebe o nome de Saberes do Pequeno Príncipe.


“Esse livro faz parte do projeto Estante Mágica, uma iniciativa que dá a estudantes a oportunidade de escreverem e ilustrarem seu próprio livro. Neste ano, meus alunos estão criando esse livro com base na obra O Pequeno Príncipe, escrevendo seus aprendizados e ilustrando a produção em conjunto”, explica a educadora.


A obra de Antoine de Saint-Exupéry, que serve de inspiração para a turma da professora Evila, é carregada de lições de vida impactantes. São ensinamentos sobre amor, empatia, inocência e fé. Um convite à preservação dos valores insubstituíveis da vida.


Mundo pandêmico

No projeto, a professora trabalha frases importantes do livro O Pequeno Príncipe com as crianças com o objetivo de levá-las à análise e, consequentemente, à produção de reflexões sobre o que elas compreenderam.


“Esses ensinamentos vêm muito de encontro com o momento de tristeza e de perdas que estamos vivendo com a pandemia de Covid-19. Por isso, quis oportunizar algo que trouxesse brilho e prazer aos meus estudantes após 1 ano e meio fora de sala de aula”, detalha a educadora.


Apoie a ideia

“Gostaria que a sociedade conhecesse o projeto porque nossas crianças são nosso futuro, precisamos incentivá-las a terem esperança no amanhã. E, nós, enquanto educadores, temos papel fundamental de mostrar isso a elas. A educação ainda é o melhor caminho para fazer uma sociedade crescer e, sonhar, é transformar”, define a professora.


Cada aluno que compartilha a autoria do Sabedores do Pequeno Príncipe receberá seu livro de presente em uma tarde de autógrafos promovida pela Escola Municipal de tempo integral Kamé Adania no mês de novembro. Mas por se tratar de uma região menos favorecida, nem todas famílias conseguem adquirir um exemplar do livro físico para seus filhos. Em um esforço pessoal, a professora custeia a impressão tirando do próprio bolso e também recorre a doadores para o rateio da impressão dos livros.


“Já tenho alguns amigos que estão doando, mas ainda não atingimos o valor necessário. O custo de impressão do exemplar em capa dura é de R$ 59,00 e, em capa mole, R$ 39,00. Quem quiser doar, basta fazer um pix para 67992800524 (número de telefone), em nome de Evila Cristiane de Almeida Martin.

4 visualizações0 comentário