• Ana Paula Ostapenko

Oficinas de artesanato no interior são oportunidade de aperfeiçoamento profissional


A Gerência de Desenvolvimento de Atividades Artesanais da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul realiza neste mês de junho cinco oficinas de artesanato no interior do Estado visando o aperfeiçoamento profissional dos artesãos do interior. Participam em média 15 pessoas em cada oficina, pelo projeto Artesania.


O projeto Artesania MS tem como objetivo instalar núcleos de produção artesanal nos municípios de MS, de acordo com o potencial de cada município, resgatando os ofícios tradicionais transformando-os numa possibilidade econômica de geração de trabalho e renda nas comunidades.


O Projeto atua em etapas que podem ou não serem desenvolvidas no mesmo Núcleo produtivo, de acordo com as peculiaridades e necessidades de cada um. Antes de realizar as oficinas, as técnicas da Gerência de Desenvolvimento das Atividades Artesanais realizam visita técnica a fim de construir um diagnóstico da realidade em que estes se encontram, e após alinhar qual ação será eficaz para o fomento da produção.


A Oficina de Modelagem Bichos do Pantanal, com Rodrigo Avalhães, aconteceu de 1º a 10 de junho no Centro de Referência da Assistência Social (CRASII) no Distrito de Nova Porto XV, município de Bataguassu. A Oficina de Cerâmica Terena, com Rosenir Batista, foi realizada de 06 a 15 de junho, em Aquidauana. Duas oficinas de modelagem foram realizadas este mês, uma em Rio Brilhante, com Leslie Gafure, de 14 a 22 de junho, e outra com Andrea Lacet, que começou no dia 20 e vai até o dia 24 de junho, em Nova Andradina.

0 visualização0 comentário