• Ana Paula Ostapenko

Os 81 anos da Biblioteca Municipal serão comemorados com programação extensa, online


A Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo, celebra os 81 anos da Biblioteca Pública Municipal Anna Luiza Prado Bastos no dia 5 de março com uma live cultura, transmitida no canal do Youtube da Sectur, às 11h.

Para o secretário municipal de Cultura e Turismo, Max Freitas, essa data é importante para toda a Campo Grande. “Não poderíamos deixar esse aniversário passar em branco, mesmo durante a pandemia, e por isso escolhemos o formato de live, com uma programação extensa que atende à todas as idades”.

A gestora e bibliotecária do local, Sueli Oliveira, diz que é uma alegria poder celebrar 81 anos de valorização da literatura e biblioteconomia. “Este aniversário marca uma data especial para Campo Grande. E reitero o convite, são todos muito bem vindos para comemorar com a gente”, diz.

A programação da live está recheada de atrações. Quem inicia as comemorações são os músicos Adriano de Souza Ramos e Marcos Bezerra, que contam a histórica da Biblioteca por meio de cordel cantado.

E como as crianças, que são grande parte do público do local, não estão podendo visitar o espaço, a programação contempla atividades para elas também. A mestre em Educação, Mara Calvis, participa da live com contação de histórias. Depois é a vez do projeto Emília Musical encantar os pequenos.

Os espectadores da live poderão conferir um pouco da exposição de quadros “Mulheres Empoderadas”, da artista Sônia Aparecida Queiroz.

Sobre a Biblioteca

A Biblioteca Pública Municipal foi fundada em 28 de novembro de 1932 pelo médico e beletrista Perí Alves Campos. Em 05 de março de 1940, a biblioteca foi doada à Prefeitura de Campo Grande, denominando-se Biblioteca Municipal, através do Decreto-lei n. 29. Em 1980, a biblioteca que situava na Praça Ary Coelho, não dispunha de espaço físico suficiente para comportar o número de visitantes. No ano de 1987, foi transferida provisoriamente para um prédio em frente à antiga estação rodoviária.

Em sua atual sede, situada no Parque Florestal Antônio de Albuquerque (Horto Florestal), inaugurada em 19 de maio de 1995, recebeu o nome de Anna Luiza Prado Bastos – professora Galega, homenagem a uma professora cuiabana, que muito contribuiu para educação em Campo Grande, fundadora do Colégio Barão de Melgaço e fez história entre seus alunos pelo empenho e carinho dispensados ao longo dos anos.

Serviço – A live de 81 anos será transmitida por meio do canal https://www.youtube.com/channel/UCQP2fghvk5maEXElkPn4gUA

0 visualização0 comentário