• Ana Paula Ostapenko

Show virtual com videoclipes das campeãs da Corrida Das Drag será neste sábado


Para trazer mais entretenimento nesta pandemia e mostrar que a cultura LGBTQ+ de Mato Grosso do Sul segue em polvorosa, a Corrida das Drag prepara o show virtual “Ode a Corrida das Drag”, que terá apresentação de videoclipes das vencedoras das quatro últimas edições da competição neste sábado (5), às 20h. O evento será no canal da Corrida das Drag, no YouTube. Além das campeãs, as idealizadoras, apresentadoras e juradas também se apresentam. Cada uma das drag queens escolheu uma música para dublar e a Corrida das Drag realizou a produção do videoclipe. Jhannine Perry, campeã da Corrida das Drag 4 – primeira edição em formato de disputa –, escolheu a música “It’s All Coming Back to Me Now”, de Celine Dion; Rafa Spears, que venceu a quinta edição, dubla a música “I Am Changing”, de Jennifer Hudson; Halley Star, ganhadora da Corrida das Drag 6, faz lip sync da música “Heart of Glass”, interpretada pela cantora Miley Cyrus; Amanita Muscaria escolheu a música “After do Fim do Mundo”, de Clarice Falcão feat. Linn da Quebrada; já a produção da Corrida das Drag dubla Beijo Molhado, do grupo Rouge. Celine Dion foi escolhida por Jhannine pelo fato de considerá-la sua diva desde a infância. “Com 7 anos ganhei um DVD com videoclipes dela e ali começou minha paixão, ela é minha diva prime”, brinca. “A música que escolhi é uma de minhas favoritas e tem um clipe muito bonito, que faz alusão ao passado, fantasmas, acho que é a canção da minha vida. Fazer ela em um show de boate é muito difícil, pois ela é lenta e nas casas noturnas as pessoas querem coisas animadas. Então quando me convidaram não tive dúvidas e soube que era a oportunidade perfeita”, afirma. Rafa também escolheu uma diva com voz potente, cantando uma música que faz parte do filme Dreamgirls – Em Busca de Um Sonho. Ela quis homenagear tanto a cantora Jennifer Hudson, quanto Meriju Silva. “Vi um show da Meri ainda na primeira edição da Corrida, quando nem era no formato de competição, no Bar da Valu em 2016. Lembrei dele porque tinha achado lindo, sem falar do filme que é maravilhoso”, relata. Já Halley foi para o rock’n’roll, com a música Heart of Glass, eternizada pela banda Blondie, que recentemente ganhou a versão da cantora Miley Cyrus. “Com a Miley a música ficou mais rock, agressiva. Essa música estava na minha playlist há um tempo, então decidi fazer o videoclipe dela. Fizemos uma produção com estética dos anos 1980, com microfone, looks inspirados nos vestidos de formatura dessa época. Inclusive, eles foram feitos com o material que tinha disponível em casa, já que estava sem grana, então tive que improvisar. Gostei muito do resultado”, avalia. A vencedora da edição mais recente da Corrida, Amanita, dubla uma canção que representa o momento que estamos vivendo. “A letra fala sobre já estarmos vivendo num after, que o mundo vai acabar e nem iremos perceber, mas, mesmo assim, devemos curtir o momento. A parte da Linn da Quebrada é muito política, um protesto”, conta a queen. “Coloquei no vídeo várias referências de artistas, as outras drags que se apresentam, personagens de programas de televisão, tem muita coisa”, revela. E todas são categóricas em afirmar que é muito importante este tipo de apresentação no atual cenário brasileiro. “Não podemos fazer aglomeração, temos que ficar em casa e isso é muito frustrante, faz com que pessoas desenvolvam doenças psicológicas, já que não se tem muito o que fazer. Nossos shows são para entretenimento e também mostrar que a arte drag, mesmo com tudo fechada por causa da pandemia, segue, as queens continuam finíssimas, se apresentando, erguendo bandeira, trazendo arte, cultura e glamour”, conclui Rafa Spears. “Ode a Corrida das Drag” tem incentivo da Lei Aldir Blanc, através de edital da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS), por meio do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul. Serviço – A apresentação acontece no sábado (5), às 20h, no canal da Corrida das Drag no YouTube. Mais informações pelas redes sociais do programa: Instagram (@corridadasdrag) e Facebook (@corridadasdrag).

2 visualizações0 comentário