• Ana Paula Ostapenko

Teatro Brasileiro Fora do Eixo segue a todo vapor com foco nas artes cênicas da Capital


O projeto Teatro Brasileiro Fora do Eixo segue a todo vapor com foco nas artes cênicas de Campo Grande. Desta vez os convidados são os artistas Anderson Bosh, na terça-feira (16), e Marcos Mattos, na quinta-feira (18), para um encontro e um bate-papo descontraído com o diretor da Cia Teatro do Mundo, Fernando Lopes. As entrevistas são transmitidas sempre a partir das 20h30, na página do Instagram @teatrodomundo.

O objetivo do projeto é, literalmente, sair do eixo mais conhecido de produção teatral do Brasil - Rio de Janeiro e São Paulo - e buscar roteiros culturais diferentes e nem sempre destacados pela grande mídia. Uma forma de promover o resgate histórico e aproximar o público das peculiaridades locais dos bastidores das artes cênicas.

"Tem sido interessante reconhecer no entrelace da classe artística de Campo Grande que todas essas pessoas passaram umas pelas outras como alunos ou como parceiros de trabalhos", afirma o entrevistador e idealizador do projeto, Fernando Lopes.

De alma inquieta, com 30 anos de experiência cênica dentro e fora do eixo, o diretor de teatro Anderson Bosh, dedica sua carreira entre o teatro de Campo Grande e trabalhos nas grandes metrópoles, Rio e São Paulo, e vê no projeto um capítulo necessário de resgate imaterial. "É uma construção, uma manutenção e, também, uma pesquisa da história do teatro daqui, bem como das memórias afetivas dos fazedores da cena da Capital", diz.

Ponto de vista que é compartilhado pelo diretor teatral e, também, coreógrafo Marcos Mattos, que há 20 anos faz da arte a sua vida. "É uma memória que vai ficar registrada e que é válida tanto para o público como, principalmente, para quem produz arte dentro deste contexto de Mato Grosso do Sul e Campo Grande".

O Teatro Brasileiro Fora do Eixo segue em sua segunda temporada. Na próxima semana, os artistas convidados serão Nelson Peixoto, na terça (23) e Fran Corona na quinta-feira (25).

Este ano o projeto foi contemplado com recursos da Lei Aldir Blanc (LAB) através de edital do FMIC (Fundo Municipal de Investimento Cultural), da Sectur - Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Campo Grande.

Cia Teatro do Mundo

A Cia Teatro do Mundo é um coletivo de artistas, que surge em meio ao caótico ano de 2020 e tem como principal objetivo usar o teatro como ferramenta de pesquisa e trabalho, com o intuito de colaborar por um mundo melhor.

O grupo é formado por Fernando Lopes, Begét de Lucena, Helena Soares e Douglas Moreira e já fez várias apresentações de espetáculos infantis em formato drive in, no estacionamento de um shopping da Capital. Também circulou pelo interior do Estado.


1 visualização0 comentário