• Elusa Prado

Viagens “cápsula” e ecoturismo são tendência em 2021 aponta pesquisa


Após o isolamento forçado em 2020, as pessoas retomarão as viagens de forma segura e controlada como forma de minimizar o stress causado pela pandemia do COVID 19. É o que aponta uma pesquisa realizada pelo AIRBNB, que identificou uma tendência no aumento da procura por “viagens cápsula”, saídas curtas onde as pessoas possam reduzir os riscos associados à socialização e relaxar em grupos reduzidos.

O ecoturismo é a opção que melhor se adequa a este perfil, já que em atividades ao ar livre as aglomerações são facilmente evitadas e os meios de hospedagem costumam ter baixo fluxo de pessoas, facilitando a implantação de protocolos de biossegurança e a manter o distanciamento.

Em tempos de pandemia, o turista se preocupa mais na qualidade da viagem do que na quantidade de lugares que inclui em seu roteiro, e por consequência os destinos que oferecem vivências culturais em ambiente natural, com responsabilidade regional na conservação da natureza serão valorizados. Com o bloqueio de alguns países para a entrada de brasileiros, o ano de 2021 pode ser uma ótima oportunidade de conhecer as nossas belezas naturais.

Pantanal alia infraestrutura com privacidade e contato com a natureza


Em Mato Grosso do Sul, hoje em dia visitar e contemplar a rica biodiversidade do Pantanal Sul pode ser feito inclusive em carros de passeio, sem riscos de buracos e atoleiros, devido à manutenção permanente realizada pela Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos). O recente alargamento da pista da Estrada-Parque, realizado pela Agência, ampliou a visão do motorista reduzindo os riscos de impactos e atropelamentos de animais que cruzam a via com frequência, como cervos, capivaras, jacarés, cobras e até a onça-pintada, cuja incidência aumentou na região com os programas de conservação da espécie.

A Estrada-Parque dispõe de excelente estrutura de hospedaria e atrativos turísticos, como cavalgada, observação de pássaros, safári fotográfico e focagem noturna, e todas as atividades são desenvolvidas com guias locais/monitores ambientais, capacitados e treinados a oferecer aos visitantes informações detalhadas da região, além de garantir completa segurança no transporte e permanência nos passeios.

“Aqui na Pousada percebemos que as pessoas estão mais interessadas no ‘turismo de experiências’, onde o turista quer vivenciar o local, a cultura e conhecer a fundo o lugar que está visitando, os costumes e a gastronomia. Nessa pandemia percebi que além de privacidade, os visitantes buscam uma experiência única e exclusiva de contato com a natureza” relata o chef de cozinha e guia de turismo Elias Tanus.

Elias atua na Fazenda São João Ecotur, na Estrada Parque Pantanal, composta pelas rodovias MS-228 e MS-184 com 120km de estrada de terra que cortam o Pantanal Sul, ligando a cidade de Corumbá ao entroncamento na BR 262, local chamado de Buraco das Piranhas.

Ao longo destes 120 km e com mais de 74 pontes de vazantes, ali se concentram cardumes de diversos peixes e centenas de espécies de aves, como tuiuiús, biguás e garças, além de jacarés, ariranhas e capivaras, além de onças pardas e pintadas.



Localizada no Pantanal do Abobral, uma das onze sub-regiões do bioma, na Pousada São João o visitante será acolhido pelo casal João Venturini e sua esposa Marilene, pioneiros no ecoturismo da região e proprietários também do Complexo Turístico Passo do Lontra foi instalado em 1979.

Venturini destaca-se no turismo da região não só pelo atendimento afetuoso oferecido ao turista, mas pelo turismo responsável e sustentável em parceria cooperando com diversas entidades como o SEBRAE/MS, Embrapa Pantanal, UFMS, Secretaria de Turismo de Corumbá / MS, Fundação de Turismo de MS e WWF Brasil, maior rede independente de conservação da natureza, com atuação em mais de 100 países. Além disso, a São João oferece dezenas de pacotes e opções de hospedagem, onde o turista monta seu pacote de acordo com sua necessidade e orçamento.

Uma destas modalidades é o safári guiado, uma das especialidades de Elias “Sou apaixonado por onças e depois de muitas e muitas noites andando atrás de pegadas e rastros e diversos avistamentos, os turistas começaram a me chamar de ‘Jaguarman’ algo como ‘homem-onça. Procuro disturbar o mínimo possível e aproveito as caminhadas em busca dos felinos para sensibilizar as pessoas sobre a importância da preservação do bioma” pontua. Aos que estão indecisos em relação ao próximo destino a visitar, ele afirma: “O Pantanal tem uma cultura vibrante e que agrada a todo tipo de visitante seja em uma estadia mais curta ou mais longa. É ideal para quem quer escapar de tudo e contemplar a natureza no máximo da sua exuberância. Sou suspeito para falar, mas é realmente uma experiência inesquecível”.

Serviço

Pousada São João Ecotur

http://www.pousadasj.com.br/

+55 67 99981-6768

Email:pousadasjms@hotmail.com

24 visualizações0 comentário